mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Quarta-feira, 17 de Agosto de 2016
sociedade e desigualdade

Deus criou o planeta. E um dia criou o homem sem distinção porque os ama a todos de igual forma. Deu-lhes um planeta para que todos usufruam igualmente dele. Logo o mundo é de todos e não só de alguns. Assim tudo o que está no mundo é de todos e não só de alguns. Alguns homens, não satisfeitos com o que tinham, viram uma forma de se distinguirem dos demais: criaram a propriedade privada. Ao fazê-lo, privaram os demais da terra que, desde o começo, nunca lhes pertenceu. É de todos, mas eles não querem saber. Nasceu o egoísmo acompanhado de uma ganância desmesurada. Estes foram criando desigualdades cada vez maiores. Alguns tornaram-se reis de uma terra que não lhes pertence. É de todos. E os outros, por diversas razões, aceitaram a imposição. Como essas famílias eram numerosas, tinham de criar a mesma diferença para a descendência. Nasceu a divisão de classes. Outros, à falta de outro exemplo, seguiram-lhes o exemplo. Criaram a riqueza que não tinham à custa do trabalho quase escravo. Aprenderam, com os demais, e criaram ainda mais diferença. Num mundo de tanta injustiça social, onde os que têm tudo de vez em quando se lembram de lançar alguma caridade sobre os que têm pouco ou nada, achando isso normal, para mascarar a divisão social por eles criada, desta sociedade pouco ou nada temos a esperar a não ser mais do mesmo. Porquê? Porque quem está a ganhar com esta situação não quer mudar. Não quer perder a distinção criada por eles. Aferram-se à tradição e jogam todos os dados para que tal não aconteça. Numa sociedade tão injusta podemos esperar justiça? A justiça parece funcionar a favor de que mais tem senão vejamos o que te vindo a acontecer. Na sociedade onde a diferença é grande, e ameaça ser cada vez maior, a justiça parece ser igual no custo para todos os cidadãos. O que deriva daqui? Só podem recorrer à justiça quem tem dinheiro para tal ou quem pode pedir ajuda mostrando os escassos recursos que têm. Os outros, a classe média, ou consegue fazer o esforço ou a justiça sai-lhe mais cara que o desejo de obtê-la. Depois, se estivermos atentos às notícias, vemos claramente que nem sempre a justiça é imparcial já que sempre existem os chamados “tráficos de influência” (caso Noos em Espanha, por exemplo, onde alguns meios de comunicação falam de pressões exercidas sobre a fiscalía da parte da casa real e do próprio governo, para evitar a condenação da infanta Cristina) que fazem a mesma pender para um lado dos pratos da balança. E sabemos o que a pressão pode fazer a um indivíduo… que muitas vezes se podem traduzir em ameaças veladas ou frontais que também se podem traduzir em subornos. E a moral nestas ocasiões muitas vezes não é suficientemente forte. Há muito a perder… às vezes até a própria imagem. Ora, se a justiça não funciona, a democracia também não. Chamem o que quiserem a esse sistema político, mas não o mascarem de “democracia”. E quando os próprios governos exercem pressão sobre um órgão que deve ser por natureza independente e imparcial, chegamos mais longe na injustiça do que alguma vez sonhámos. Estamos perante uma espécie de ditadura que pode ser monárquica, republicana, capitalista… Quando vemos os meios de comunicação a ser comprados por interesses privados, poderemos esperar uma informação isenta? Quando os estados dominam os mesmos meios de informação, podemos esperar uma informação isenta? E poderíamos continuar… Quando vemos membros de famílias reais a escolherem um país monárquico despótico e medieval sob o pretexto de que é um país seguro para se viver… quando membros da igreja defendem ideias fascistas e injustas criando mais diferença anda… quando num país se criam limitações à liberdade de expressão na internet, regulando que não se pode falar mal da família real para que a sua imagem jamais seja sujeita a possíveis manchas… não sei o que nos espera, mas tudo parece indicar que, ou estamos atentos, lemos os sinais e os interpretamos correctamente e a tempo, ou sofreremos um retrocesso histórico que muitos não desejam…



publicado por fatimanascimento às 16:48
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds