mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011
As “regras” da Democracia

Acho que toda a gente sabe que todas as leis têm “buracos” na sua redacção, pois nenhuma delas conhece as intenções dos incumpridores. Que os há! Assim, e para que as vítimas não se sintam injustiçadas, há que mudar as regras de vez em quando!

Em toda a escada social, há aqueles que, em vez de cumprirem a lei, aproveitam-se dela para proveito próprio e para tramar o parceiro. A Democracia é o sistema político que mais vai de encontro, parece-me a mm, às aspirações humanas. Nela, insere-se a chamada liberdade tão grata a todos e a cada um, penso eu. Mas, e como todos sabem também, é, de todos os sistemas políticos o mais vulnerável. De facto, há muitas pessoas que, em vez de as respeitarem, violam-nas com a maior arrogância. Depois, há imensas leis, e saem imensas regulando isto e aquilo (acho que é de tal maneira, que nem os próprios legisladores sabem, exactamente, o que defende determinada lei. Ainda assim, há aqueles que, debaixo de uma capa democrática, são tudo menos democratas. E não é só na política que se assiste a este problema, é na sociedade em geral. E são estas mesmas pessoas que se aproveitam dela para os mais diversos fins. Para tal, há que prevenir estas situações. Como? Modificando as leis de tempos a tempos, de forma a que as vítimas das más intenções de terceiros, possam legitimamente defender-se e apanhar os verdadeiros culpados. É lógico que existem sempre aqueles que vivem para conhecer os sistemas ou seja as suas “regras” para as poderem contornar aproveitando-se dos outros para benefício próprio. E todos sabemos que não há maior ditadura que a do dinheiro. Por ele, as pessoas atropelam-se umas às outras sedo alguns capazes de “vender a própria mãe” se tal fosse rentável.

O enriquecimento ilícito insere-se aqui. Este refere-se a todos aqueles que enriquecem de forma desconhecida. Que hoje são pobres e, de um momento para o outro (os mais descuidados) passam a viver luxuosamente. Se olharmos para os políticos indigitados para cargos governamentais, sabemos que os que saíram de governos, foram ocupar outros cargos, alguns deles em empresas públicas, com o triplo ou o quádruplo (às vezes mais) do vencimento recebido quando ocupavam cargos políticos governamentais. Pelo menos, sabe-se de onde provêm os rendimentos. Alguns chegam mesmo a retomar as suas antigas funções tendo cargos nas empresas públicas, o que faz com que obtenham rendimentos brutais. E os outros, os que olham para o topo da escada social e fazem tudo para lá chegarem? Aqueles que não se importam de se valer de terceiros para o seu enriquecimento pessoal? O que fazer com estes vigaristas (e outros) que pensam que saem impunes das situações só porque conhecem as leis e as contornam no sentido de prejudicar o próximo?

São estes e outros como estes a vergonha da democracia. Mas o que sabem ele de vergonha? Sabem o que é o medo mas ignoram o que é a vergonha.

São pessoas como estas que forçam a democracia a arranjar mecanismos para se defender. Porque isto não é democracia é roubo declarado!



publicado por fatimanascimento às 22:02
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds