mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Sábado, 2 de Abril de 2011
A queda do(s) senhor(es) do poder

E não é de qualquer um. Afinal, estes senhores estavam acima de todos eles, controlando-os com mão de ferro que era visível no quotidiano da população. Enquanto as famílias controlam todas as riquezas nacionais mantendo-a nas mãos de meia dúzia de privilegiados, a população, a maioria das pessoas que habitam aqueles solos, não conheciam mais do que a miséria e o desemprego. Para se arranjarem empregos, é necessário cativar companhias estrangeiras aliciando-as para o investimento naqueles países ou então criar as suas próprias empresas já que a mão-de-obra especializada não lhes falta. Ora a mentalidade parece não ajudar. O dinheiro exerce um poder incompreensível sobre as pessoas, sobretudo estes ditadores. Como é possível olharem aos seus próprios interesses alienando o da população do seu país? Como é possível que, para defenderem os seus próprios interesses e o necessário poder, não se importem de matar a sua própria população que é apelidada de imensas designações - nenhuma delas bonita de se ouvir - só para mostrar só para tentar desesperadamente tentar ganhar adeptos para sua causa e assim tentar enganar o povo? Parece mais uma tentativa desesperada de alguém que procura manter-se a todo o custo no poder apesar do povo já não o reconhecer como dirigente. Não sei porque recusa a saída do país. Afinal, todos os bancos senão alguns deles, provavelmente instalados fora do país, têm contas volumosas que lhes dá para viverem bem, até ao fim dos seus dias. Será apenas o golpe da vaidade e da maldade de uma pessoa que, depois de tantos anos de poder já perdeu a noção do que é viver uma vida normal onde apenas o dinheiro ainda lhe faz a diferença social entre os demais? Será o vício do poder? Alguns outros, assim que começaram as revoltas, rechearam os seus aviões particulares com toda a espécie de riquezas e deixaram o país! Por que não o faz ele? O que tem a esconder? Afinal, todos os ditadores têm. Veja-se o exemplo de Franco e de Pinochet ou Salazar só para nomear alguns. Talvez estas questões, embora importantes, não sejam tão críticas quanto à sorte do povo líbio. Poderemos e deveremos manter-nos alheios ao perigo que aquele povo enfrenta sozinho? Não teremos nós a responsabilidade do que lhes pode suceder? Afinal, estão entregues a si próprios e ninguém sabe ao certo o que pode acontecer. O que cada ditador deve fazer, ou qualquer outro dirigente cujos interesses já não se coadunam com os de um povo, é demitir-se. O poder não é eterno. Só as monarquias são ainda vitalícias e sucessórias. Mas até os reis morrem… tudo é só uma passagem. Se pensassem assim, talvez ninguém pudesse jamais cometer as atrocidades a que se dedicaram. Mas a ganância pode ser ainda mais desmedida e cega: lembram-se da história daquela dama francesa que celebrizou esta triste frase “Mais vale rainha por um dia do que duquesa toda a vida”? Depois, há que responsabilizar política, social, económica e judicialmente todos aqueles cuja ganância de poder e outras causas levou ao assassinato de pessoas. Têm de ser responsabilizados. Ou então nunca no livraremos de ditadores ou políticos corruptos. Quem é que dizia que há mais ditaduras que democracias no mundo? Não me lembro. Mas dá para fazer uma ideia do que pode acontecer se não forem responsabilizados.



publicado por fatimanascimento às 17:22
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


posts recentes

O que é a poesia?

Monarquia versus repúblic...

Meninas mulheres

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

arquivos

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds