mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Quinta-feira, 19 de Julho de 2007
Onde é que podemos poupar...?

Gostei daquele anúncio que nos pede para poupar água. Como recurso natural importante, a água, para além de ter de ser poupada, tem de ser mantida limpa, uma vez que a poluição não tem fronteiras, de alguma forma ela vem até nós, na rega dos alimentos que comeremos, ou até na água que beberemos, no peixe, etc., mesmo estando ela sujeita a tratamento. O que eu achei piada foi à maneira como nos querem fazer poupar a água…sugerindo-nos o uso da máquina de lavar! Nada contra a ideia que querem passar! Mas as pessoas pensam… a água é mais barata do que a luz, (embora também nos ataquem por aí, com os famigerados escalões! Eu já desisti do meu jardim... O meu quintal é só pedra e cimento!) por isso, é mais económico para mim poupar energia à água. E assim é… O problema é que nós estamos tão espartilhados, financeiramente falando, que nem sabemos para onde nos podemos voltar… depois, com as novas facturas da luz, que eu não vejo, desde que elas me são descontadas, em quantias fixas, na conta bancária onde o meu ordenado é mensalmente depositado, é o descalabro. Eu explico. Este ano, em Março, recebi uma conta de luz que me deixou atónita e tive de a pagar em três meses, negociadas com a própria EDP. O meu filho mais velho descuidou-se e adormeceu, algumas noites, com um termoventilador ligado! Ao contactar a EDP, logo os senhores foram da opinião que os trinta euros mensais era uma quantia pequena para a média mensal do gasto calculado por eles e mudaram a quantia para os cinquenta, o que, na opinião deles, irá diminuir o acerto do final do ano. Deus os oiça.

   A minha relação com esta empresa tem sido sempre cordial, e agradeço a boa vontade que tiveram para com o meu problema que, pelo que me apercebi, não era o único. Mas gostaria de deixar claro que esta nova facturação foi recusada por mim, quando fui contactada pela empresa. Propunham-me os trinta euros mensais fixos ou então uma factura de sessenta, caso eu persistisse na ideia de continuar como até aí, isto é, recebendo a estimativa todos os meses, a factura via CTT, etc.. Eu expliquei ao senhor que seria impossível, para mim, fazer face a essa despesa mensal, uma vez que, nos meses em que temos de pagar outras despesas como os seguros da casa, carro, gás canalizado (que é uma enormidade!)… enfim, aquelas que todos conhecemos! Mas era o sim ou o não e eu teria de fazer uma opção. Eu respondi que, perante a situação que eles me apresentavam, eu não teria outro remédio… e acabei por aceitar. Mas fiquei sempre com a sensação de que não tive escolha. E não tive. E eu detesto que me imponham seja o que for!

   Outra solução que nos apresentam é a substituição das lâmpadas de maior consumo por outras. Eu acho que a grande parte da luz que se gasta não tem a ver com o uso das lâmpadas, uma vez que nos ensinam, logo desde pequenos a apagar as luzes, terá mais a ver com a utilização dos electrodomésticos. Eu evito tocar em aparelhos eléctricos, para não desequilibrar as despesas mensais.

   De resto, só tenho que ter esperança que ela não aumente mais, pelo menos, na grande percentagem como foi a do último aumento, ou tenho de voltar ao romântico tempo das candeias a azeite, porque ao preço a que está o petróleo, os candeeiros estão também fora de questão.



publicado por fatimanascimento às 13:07
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

2 comentários:
De Lua de Sol a 23 de Julho de 2007 às 04:16
Cá venho eu comentar outra vez! Mas descobri o blog e achei-o interessante... E blog é também para comentar, não é verdade?!
Pois, também fui obrigada a fazer a tal conta fixa, contra vontade. O meu marido ficou fulo e cheio de receio do ajuste anual. A EDP propôs inicialmente uma quantia que ficava bem abaixo do que costumávamos consumir. Como o meu marido é TOC pôs-se logo a ver as facturas mensais que costumávamos pagar e calculou uma média, dando-lhe uma margem para cima de uns 5 euros. Com sorte, acertámos mesmo em cheio. Nem a mais nem a menos, quando se viu o acerto em Março! Contudo, fizemos quase jejum de aquecimento no Inverno (o que supostamente até estaria incluído naquela média que ele calculou!)... É sempre a subir. E, ainda bem, que o Verão está fresco , porque convém fazer jejum de coluna de ar!
Quanto ao gasto não se dever às lâmpadas, concordo; porque até temos algumas economizadoras.O fogão e o forno são a gás (as contas do gás também são de fugir! Qualquer dia, com o que se paga na comida e no gás não compensa comer em casa...). Assim, presumo que o gasto de electricidade se deva ao microondas , à máquina de lavar roupa, ao PC e à TV (que dizem que não gasta!)... Para o ano as contas ainda serão maiores... Mas só as contas!


De Fernanda a 31 de Março de 2009 às 01:47
o que eu tnho a dizer é que pode-se dizer que 10% da populaçao brasileira naum se concientiza de que o consumo exessivo de energia eletrica prejudicam a nos mesmos ...
Eu sou estudadnte e estou na 8º série e posso perceber os problemas que vem acontecendo no mundo são intensos e quase ninguem toma uma atitude compativel ao que vem ocorrendo..
Eé um assunto muito polêmico e devemos todos juntarmos e econoizarmos energia,água,tempo..e poupar a natureza de tanta poluiçao..
Obrigada por abrir espaços para que possamos tentar fazer a diferença.


Comentar post

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


posts recentes

O que é a poesia?

Monarquia versus repúblic...

Meninas mulheres

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

arquivos

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds