mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010
A limitação das máquinas

Talvez devesse dizer – do homem? Afinal, é este que as cria assim como ao sistema que elas desenvolvem. Este caso que vou contar passou-se comigo e, como não poderia deixar de ser, tive de protestar. As pessoas que nos atendem, do outro lado do vidro, não têm culpa e, como sei que nada está nas suas mãos, resolvi deixar a minha ideia neste artigo. Tinha estado em Cascais no fim-de-semana anterior e ainda tinha uma viagem para aquela localidade. Só que o meu destino encurtara uns bons quilómetros e ficava-me por mais perto nesse dia. Pedi que me carregassem o cartão Viva com o número de viagens pretendidas. A resposta surpreendeu-me. Não poderia ser. Teria de gastar aquela viagem ou comprar novo cartão para carregar com as viagens para o novo destino. O cartão novo paga-se. Como estava em cima da hora, e a fila, naquele fim-de-semana se alongava atrás de mim, com pessoas impacientes por chegar às praias, resolvi deixar a fila lançando à simpática senhora o comentário “ Quanto mais tecnologia mais limitação”. Foi mais ou menos isto. A senhora encolheu os ombros em sinal de impotência. Abanei a cabeça furiosa e lá fui direita ao meu destino. Perdi dinheiro, claro, uma vez que a viagem era consideravelmente mais curta e paguei a viagem até ao fim da linha do comboio. Agora, questiono-me sobre a possibilidade de se poder carregar o mesmo cartão com mais de um destino. Não seria mais prático e mais barato? Para já não falar da comodidade de ter um só cartão em vez da quantidade que teríamos de adquirir se quiséssemos visitar todas as localidades dessa linha. É claro que este cartão foi feito a pensar sobretudo (para não dizer só) nos moradores daquela zona que se deslocam diariamente a Lisboa para trabalhar. Mas nem mesmo para estes deve ser prático, uma vez que eles se devem querer deslocar, e mais do que uma vez, para outra qualquer localidade dentro da mesma linha. Então, por que não pensar num cartão capaz de reunir vários montantes destinados a qualquer estação daquela linha? A máquina só teria de debitar o montante correspondente ao destino escolhido. Tal como acontece com o passe. Mas sem ser um passe, uma vez que tal não interessa ao visitantes. E se é uma zona procurada por turistas tanto nacionais como estrangeiros! Talvez havendo uma oferta de pacotes com várias alternativas capazes de ir ao encontro, o mais fielmente possível, das expectativas do comprador que só teria de escolher aquele mais se adequaria ao seu interesse. Não seria melhor para todos? Lembro-me particularmente de um caso caricato. Uma senhora, acompanhada de uma criança, aproximou-se da bilheteira, deixando, para trás, a fila enorme que serpenteava atrás de mim e pediu autorização para passar à frente. Não me importei. O pior foi encontrar, na carteira da senhora, o cartão Viva certo para carregar. A senhora possuía, sem exagero, uns cinco ou seis, e a empregada teve de verificar qual deles era o certo para carregar a viagem pretendida. Estão a imaginar a cara das pessoas atrás de mim que esperavam, contrariadas, o seu momento para se aproximarem da bilheteira? Perdeu-se, ali, imenso tempo!



publicado por fatimanascimento às 11:57
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds