mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Quarta-feira, 17 de Novembro de 2010
Despesas

A crise exige um grande esforço de todos nós. Refiro-me ao esforço financeiro. Com cortes no salário e o aumento de impostos, temos de cortar forçosamente nas despesas. Num país onde o salário mínimo nacional é uma miséria, comparado com o dos outros países, exige-se ainda mais. Mas a exigência é unilateral, nunca bilateral. Se, de um lado, se exige a quem mal consegue já sobreviver, do outro a situação é quase igual, não se notando qualquer diferença. Esta, a existir, reflecte-se, provavelmente, nos excessos. Ora, mesmo nos excessos, se compararmos com o país vizinho, o nosso ainda consegue superá-lo. Se o primeiro-ministro espanhol, que está à frente de um país que, comparado com o nosso, o suplanta largamente em dimensão e em população, vê as suas despesas, assim como o seu salário, reduzidos, o mesmo se não pode dizer do nosso que, com menos contribuintes, ainda o suplanta. Algo aqui está mal. Há aqui uma lição mal aprendida algures. E sendo um povo que esbarra com a matemática, talvez o nosso primeiro-ministro não tenha feito bem as contas, ou talvez as tenha influenciado. Ninguém está à espera que as pessoas com altos cargos sirva de exemplo, não são, nem devem sê-lo. A sensação dada é que, até nas crises financeiras, há cargos acima das crises. Aparentemente, só em Portugal. Temos uns governantes excepcionais. Deve ser por isso. Só que não nos damos conta. Às tantas, ainda somos acusados de ingratidão. Na comparação efectuada com o homólogo espanhol, o nosso primeiro-ministro destaca-se, pela negativa. Não sei o que se passa na sua cabeça: existem cortes brutais em todo o lado, menos para ele. Se os houver, é só nos excessos. Mas não é só o chefe do governo. Os administradores das empresas públicas também continuam a ter salários muito acima da média nacional. Hoje, ao ouvir os protestos do pessoal despedido da “Ground Force” pensei que, talvez, em vez de despedirem os trabalhadores, devessem começar pelos administradores. Se há crise a culpa não é, certamente deles, mas talvez a administração não esteja a cumprir bem as suas funções. Ou, até, talvez o estado que não parece saber administrar bem o dinheiro que recebe do suor do rosto dos trabalhadores. E eles sabem disso, daí a sua revolta! Tudo neste país é bom, salvo os trabalhadores que, ao que parece, são sempre dispensáveis. Não têm, aparentemente, valor. Mesmo não sendo eles que levam a empresa à falência! Não temos notoriedade. Nem somos donos daquilo que é nosso! Mas eles, sem os trabalhadores, não são nada!



publicado por fatimanascimento às 14:01
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds