mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2006
Profs vs profs

Desde que comecei a leccionar,  deparei-me sempre com um problema que se vem arrastando desde então para cá. Todos nós somos professores, todos nós gostamos de crianças, adolescentes e jovens...  e todos nós queremos o melhor para eles, e cada um, à sua maneira, tenta chegar até eles, senão não faria sentido estarmos nesta profissão. O que acontece, é que os alunos mais difíceis são mais cautelosos com os professores que já os conhecem e, para os novos, porque são novos na escola e ninguém os conhece, tentam sempre "furar o esquema". Ora, estes têm necessidade de se imporem antes de mais, porque o relacionamento, ao princípio, é sempre tenso e algo penoso. Os profs não se podem distrair ou estão “arrumados”, a disciplina é sempre a parte mais difícil a conseguir, sobretudo, e como já disse, para os professores que estão, pela primeira vez, numa escola. Quanto maior for o número de horas que esses profs têm com essa ou essas turmas, maior a probabilidade de ocorrências de problemas disciplinares com os alunos mais indisciplinados. Muitas vezes, trata-se de alunos com passados complicados que não aprenderam a respeitar nada nem ninguém...o que é necessário, nestes casos, é mostrar-lhes que o prof. é a autoridade, dentro da sala de aula e que eles não têm mais remédio do que aprender a acatar as ordens. Isto é sempre difícil para eles, quanto mais velhos e indisciplinados pior, e, quando falam das participações disciplinares... eles são sempre as vítimas! Ora, cada professor, para ser verdadeiro e fiel à sua personalidade, tem a sua maneira própria de resolver os problemas disciplinares, uma vez que o objectivo é melhorar o comportamento dos alunos para bem dos próprios alunos, do professor(es) e de toda a comunidade não só escolar como também daquela onde a escola está inserida. Resumindo, todos ganhamos com isso. Ora, nem sempre esta situação é bem entendida pelos outros colegas. Uma colega, ao deparar-se com um problema disciplinar, dentro da sua sala de aula, e, para remediar e prevenir futuros casos de indisciplina, aplicou um determinado castigo a um aluno muito difícil, cujo comportamento é um dos piores naquela turma. Este, em claro tom de desafio à autoridade da professora, recusou-se arrogantemente a desempenhar a tarefa resultante do castigo. Esta,  ao ver a sua autoridade posta em causa dentro daquela turma, impôs-se dizendo-lhe que não entraria na aula dela, enquanto não realizasse o trabalho. O aluno foi fazer queixa ao professor responsável pelo curso e este, ao ouvir a história dele, foi ter com a colega questionando-a quanto ao tipo de trabalho que ela mandara fazer ao aluno, chegando a sugerir-lhe outro, o que levou a colega a sentir-se incomodada, pois percebeu que o colega estava a intrometer-se no seu trabalho, pondo em questão o aspecto pedagógico do trabalho que mandara realizar ao aluno (que tinha!). O que se esperaria do prof com aquele tipo de cargo seria outra atitude... por muito que ele discordasse da colega, ele deveria ter explicado ao aluno que ele se tinha portado mal e que agora teria de aceitar as consequências dos seus actos, para além de ter de cumprir integralmente o castigo, nos termos em que ela os pusera. Esta seria a atitude mais correcta para melhorar o comportamento do aluno e seria um exemplo para os outros que veriam no castigo do colega um exemplo do que lhes poderia acontecer se se comportassem mal. Todos os professores querem o melhor para seus alunos e querem que tudo corra pelo melhor, disso não há dúvida... mas não a qualquer preço! Todos querem que eles cheguem ao fim do curso, mas por razões  tais como o medo da avaliação do desempenho dos profs e da escola pelo ministério, o encerramento do curso e a perda de horas nos seus horários e a possibilidade de virem a pertencer ao grupo dos supranumerários que podem ser enviados para longe para desempenhar outras funções… Ora, eu não acredito nisso. Se alguns vierem a chumbar por faltas, só aprenderão, com isso, a melhorar o seu comportamento e poderão matricular-se no ano seguinte, se desistirem como aconteceu a um aluno dócil, que não se encontrava integrado numa turma, terá a oportunidade de o fazer para o ano com outros colegas (e esperemos que melhores!) e os alunos que não gostam de estudar, mas que não têm grandes problemas de comportamento, poderão inscrever-se neste curso... há razões que justifiquem este medo? Se o M. E.  agisse daquele modo revelaria uma grande falta de visão... ou então é uma desculpa de quem assim pensa ou diz pensar... Uma coisa é certa, para bem dos alunos, dos profs e do próprio ensino, todos têm de respeitar e de confiar nos colegas, uma vez que todos queremos o melhor para os alunos... a diferença está em que uns estão dispostos a pagar qualquer preço para conseguir isso (mesmo passar por cima dos colegas)... e outros não! 



publicado por fatimanascimento às 18:43
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Monarquia versus repúblic...

Meninas mulheres

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

arquivos

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds