mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Domingo, 6 de Dezembro de 2009
Uma simples peçazinha de teatro

  Uma pequenina peça de teatro foi escrita por mim, no primeiro Natal que passámos sozinhos, os quatro - eu, e os meus três rebentos de onze, oito e alguns meses apenas - pelo menos para os mais velhos. Foi há oito anos atrás. Lembrei-me de a escrever para eles, a fim de a representarem na noite de Natal, para a família que mais não era do que os meus pais. Eles não andavam nada animados, e pensei que a peça lhes desse algum alento. Nada complicado para eles que não eram muito bons leitores e para quem a ideia de memorizar um texto não agradava nada. As ideias para o cenário começaram logo a surgir, numa torrente ininterrupta de ideias que se entrechocavam entre os dois mais velhos. Eu observava aqueles olhos retomarem o brilho que haviam perdido, por algum tempo. Ensaiaram algumas vezes, excitados por representarem essa peça para os avós. A sala era o nosso espaço. Depois de a mobília ter saído, ocupámo-la com as nossas imaginações, decorando-a ao nosso gosto. Como nos sentíamos bem ali, observando na escuridão, os  efeitos intermitentes das vivas luzes amarelas da árvore de Natal ... as nossas mentes voando acima de tudo o que era matéria... mas depressa algo os empurrava para a terra. Os olhos infantis murchavam, por alguns momentos, para logo retomarem a luz que deles se perdera. Durante um desses  ensaios, apareceu o Luís, amigo dos meus filhos e companheiro de aventuras do Bruno e da Maria, que agarrou a ideia de participar na peça. Criei mais uma personagem... Inês, na sua cadeirinha, seguia os seus movimentos com os olhos atentos. O cenário continuava a ser o motivo da disputa dos mais velhos que o imaginavam, cada um, à sua maneira. Eu olhava-os divertida. Não é preciso muito para colocar luz nos olhos das crianças... Mas a peça nunca foi representada. Desavenças entre os três por motivo da distribuição dos papéis, fizera com que o teatrinho morresse nas páginas de um ficheiro do computador.

  Um dia, lembrei-me que esta minúscula peça poderia servir a alguém interessado. Poderia ser utilizada por infantários, escolas primárias, lares de idosos… uma vez que o pequeno texto não seria de difícil memorização. Depois, os cenários poderiam existir ou não, enfim, era uma pequenina peça mas com muitas potencialidades. Qual não foi o meu espanto, quando percebi que dois meses antes da época de Natal, a partir mais ou menos de Outubro as visitas ao blog aumentavam consideravelmente chegando a ultrapassar a centena de visitas diárias (119 visitas hoje!). O que mais me espantou é que, embora a maioria dos visitantes seja proveniente dos mais diversos pontos do país, continental e insular, e do Brasil, também há alguns das ex-colónias africanas, de alguns países da Europa e da América do Norte! E ainda não estamos na época natalícia! Depois dela, a procura adormece para acordar novamente, sobretudo a partir do mês de Outubro!

  Fico contente por esta procura. Fico sobretudo contente por poder ser útil!

 

 

Para os interessados fica aqui o link: http://teatrinho.blogs.sapo.pt e para os menos entendidos basta irem ao google e escrever a palavra “teatrinho”. Ele leva-os lá.

 

 

Fátima Nascimento


publicado por fatimanascimento às 09:44
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds