mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Domingo, 29 de Novembro de 2009
Gripe A

Já li e ouvi muitas opiniões. Já percebi o medo nos olhos de certas pessoas, vi a serenidade e a determinação noutros. A verdade é que o medo só me invade quando assisto a toda a “pandemia” criada à volta desta gripe. De resto, nunca fui pessoa de me precipitar a tomar fármacos, talvez por me ter cansado de ter em casa alguém que era apologético dos mesmos e me obrigava a tomar medicamentos para as constipações (lembram-se do famoso “Melhoral”?) para evitar as faltas às aulas. Até que descobri, pode estar relacionado ou não, que me afectava os rins. A partir daí, preferi suportar a doença e suas consequências à medicação sem prescrição médica. Já deixara para trás a infância e a adolescência nessa altura. Com as gripes, o único cuidado tido, para além da medicação, era curar bem a doença para evitar as indesejadas complicações antes de voltar ao activo. Alguns anos depois, deparo-me com uma “pandemia”. Tenho três filhos, um dos quais com problemas de saúde. Pensei na afamada vacina para ele. No entanto, e depois de ter ouvido várias opiniões, a minha posição está definida: vou encará-la como uma outra gripe. Desconfio sempre das vacinas recentes e prefiro esperar mais tempo para verificar se são realmente inócuas no que respeita a efeitos secundários e/ou outros ainda não descobertos. Falava um dia destes com um colega meu, também ele com um problema cardio-vascular e perguntava-lhe se se iria vacinar. Respondeu-me que tanto o médico de família como o especialista lhe tinham desaconselhado a dita vacina. A classe médica parece dividida o que mostra que a dita vacina cria algumas (senão muitas) dúvidas junto de alguns médicos, talvez o mais informados. Não falo só da informação das farmacêuticas sobre a vacina falo de toda a problemática que gira à volta da própria vacina e que assume contornos verdadeiramente obscuros. Como em todos os produtos comerciais, os interesses económicos estão presentes, sendo o seu peso, por vezes, devastador. Com a vacina da gripe A, passa-se o mesmo. Assim, vou aguardar a doença e encará-la como qualquer outra doença infecciosa e tomar as devidas precauções. Todavia, sei que ela virá e que infectará muitas pessoas. Se tal acontecer, serei mais uma. Os meus filhos também. Tomaremos os medicamentos necessários e aguardaremos os necessários sete dias para a recuperação prevista da doença. Não arrisco a saúde dos meus filhos a longo prazo para colmatar o buraco do medo da doença ou das suas consequências. Depois, que espécie de vírus é a combinação de porco, ave e ser humano? Onde e como se deu esta mistura? Esquisito… Tudo é esquisito. E depois de ouvir a ex-Ministra da Saúde finladesa, a doutora Rauni Kilde, falar abertamente desta gripe, dando a sua cara e a sua voz a uma causa que vai contra todos os interesses das indústrias farmacêuticas, correndo todos os riscos inerentes a tal posição, creio que, se tinha ainda alguma dúvida, ela acabou de dissipar-se. Depois, na minha vida, aprendi a não confiar nas pessoas pela sua posição ou cultura, seja em que âmbito for, aprendi a confiar na natureza, aquela que não se percebe pela mente mas pelo instinto. Esta faz toda a diferença!



publicado por fatimanascimento às 08:12
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds