mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Sábado, 16 de Maio de 2009
O fim de mais uma era…

Já se vem falando desde há algum tempo. Primeiro, não passavam de previsões nas quais não se perdia muito tempo a pensar. Depois, passaram a avisos sérios vindos de cientistas profundamente preocupados com a situação do planeta, mais concretamente a poluição, e com o desaparecimento de algumas espécies animais e vegetais. Agora, fala-se de uma intervenção urgente junto de algumas zonas já muito afectadas pela acção humana, para evitar o desaparecimento de algumas espécies únicas em todo o mundo. Ao longo da história do nosso planeta vimo-nos confrontados com desaparecimentos e estou a lembrar-me de um, em particular, talvez por ser o mais conhecido – o dos dinossauros. Mas esta foi, segundo se pensa, um desaparecimento que se deveu a um acontecimento excepcional, que levou à extinção desses animais. Depois desse, houve outros, não já devidos só à acção da evolução natural, mas algo mais premente – a acção humana. Só que esta, desde há uns anos para cá, tem sido determinante na vida do planeta, condicionando-o de uma forma alarmante. O que antes levava alguns milhares de anos a extinguir-se, na força da evolução ou não, agora, basta alguns anos, não muitos, para se atingir esse patamar de extinção. O que parece esquecer ao homem, encerrado em selvas de betão e cimento, e afastado da natureza, é que essa acção acabará por afectar o próprio ser humano, de muitas maneiras, algumas das quais só avaliadas após a própria extinção, se isso for possível. Não falo só da riqueza assente na pluralidade de espécies, refiro-me também àquilo que a própria natureza tem para nos dar, bem-estar psíquico e físico. Não poderemos contar, para sempre, com a actividade química desenrolada nos laboratórios, até porque há substâncias que só se podem encontrar na própria natureza. E, em termos humanos, é tudo preocupante, porque embora sejamos, muitos de nós, adeptos de tratamentos baseados em substâncias retiradas da natureza, a sua procura frenética poderá levar à ruína da própria natureza. O que mudou, ao longo da evolução humana, foi a relação com a natureza. Ante, estávamos dependentes dela, e tínhamos consciência disso mesmo, agora, continuamos dependentes, mas parece que deixámos de ter consciência disso. Agimos em prol do enriquecimento, sujamos o planeta em nome do emprego, do enriquecimento e da própria evolução, esquecendo-nos de que há outras formas, igualmente boas ou até melhores, de evoluir. O que acontece é que, enquanto houver alguém a ganhar, de alguma forma, com esta acção irresponsável e indiferente, em relação à natureza, nada irá mudar. O que é urgente perceber é que o planeta é a nossa casa, e se ela estiver suja, como poderemos nós ter saúde? Acredito na vida noutros planetas. Para mim, o espaço é infinito, pelo que mais longe ou mais perto deverá haver outros sistemas solares com vida mais ou menos idêntica à nossa. O que mais me custa perceber, é que devemos ser os únicos a contribuir para a extinção da vida no nosso planeta, a nossa incluída. Aproximamo-nos, sim, do fim de mais uma era e, ao que parece, a uma velocidade estrondosa. Os responsáveis directos? Nós, os seres humanos.



publicado por fatimanascimento às 10:37
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds