mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Segunda-feira, 7 de Maio de 2007
O 25 de Abril... o que a História não conta! (Ao sr. Rui... um obrigado pela confiança!)

Como o 25 de Abril é uma data relativamente próxima, existe muita gente viva que viveu directa ou indirectamente este acontecimento político que mudaria para sempre a vida em Portugal. Todos os portugueses conhecem a versão histórica, os mais novos estudaram-na na escola, mas do que nós nos esquecemos é das histórias dentro da História, vividas pelas pessoas nela implicadas. Tratam-se de histórias contadas por pessoas conhecidas aos conhecidos e amigos, numa mesa de café ou entre colegas no local de trabalho, durante um momento de pausa. Todos os portugueses se congratulam por o 25 de Abril ser uma data que, embora tenha dividido as forças armadas, decorreu sem a violência e a destruição ligada às viragens políticas caracterizadas pela força. Não foi por acaso que tal sucedeu. A história, como vamos ver, é feita de pequenas histórias que contribuem para a construção oficial da História. Quando trabalhamos num local onde há pessoas com várias tarefas, limitamo-nos, por vezes, ver nelas aquilo que fazem, sem nos interrogarmos ou interessarmo-nos por elas como pessoas. Isso aconteceu recentemente comigo e tive uma surpresa muito agradável. Tomava o pequeno-almoço no bar do meu local de trabalho, quando entrou um senhor que eu conhecia só de vista, embora trabalhe no mesmo local que eu, e eu, que não sou nada faladora, entabulei conversa com ele. Foi mais ou menos na altura da comemoração do 25 de Abril. Conta ele que estava no quartel, na camarata a dormir com os colegas, quando um jovem sargento da Força Aérea entra de rompante e grita que houve uma Revolução e que as ordens eram de bombardear a capital. Ora, todos aqueles militares haviam regressado há pouco de comissões mais ou menos longas em diversos pontos do ultramar, nomeadamente da Guiné, de Angola (como era o seu caso), de Moçambique (da zona mais conflituosa), entre outras, e todos eles arcando com memórias de vivências mais ou menos traumatizantes que os marcariam definitivamente para toda a vida, quando uma voz estridente e autoritária os arrancou definitivamente ao sono agitado. O único bombardeamento que houve foi o das botas a sibilarem no ar em direcção ao sargento que se barricou atrás da porta. Várias vozes se levantaram em protesto. Estavam fartos de bombardeamentos e desgraças e exigiam que os deixassem dormir! Já tinham visto muita desgraça para a fazerem na capital do seu país. A Baixa lisboeta teria desaparecido, uma vez que um dos alvos era S. Bento, se não fosse a sensatez e a coragem destes homens já fartos de tanto horror vivido no ultramar! Às vezes, vale a pena não acatar ordens e… esta foi uma delas! Se eles tivessem feito caso destas ordens, o que teria sido deste país?



publicado por fatimanascimento às 21:20
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Monarquia versus repúblic...

Meninas mulheres

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

arquivos

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds