mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Quarta-feira, 30 de Abril de 2008
Telefonemas anónimos

Já tinha ouvido falar, todos já ouvimos falar. Mas estas situações nunca nos acontecem até nos vermos envolvidos nelas, sem sabermos como ou porquê, e temos de acarretar com toda as consequências negativas resultantes dessa situação, muitas vezes, sem sabermos bem como agir correctamente numa situação rocambolesca como essa, uma vez que a primeira vontade, depois de passado o choque, e na crista da onda da emoção, é clamar por justiça, contra um acto que mais não é do que vil cobardia, para já não falar da má fé de outros maus sentimentos implícitos no acto. Este é um acto que põe em causa as duas partes envolvidas: a pessoa que se quer difamar e a entidade ou pessoa a quem se faz o telefonema, com o intuito de deixar mal vista a primeira das partes em relação à segunda. As pessoas que difamam as outras junto a terceiras, devem ter algo a ganhar com essa difamação. O que nem sempre é visível é o móbil que os leva a agir de forma tão baixa. O que leva a crer, conhecendo as pessoas, como tenho vindo a conhecer ultimamente, e não só, é que muitas nem precisam de grande motivação, e outras, acredito que terão algo a ganhar (e muitas vezes muito até!) com essa difamação.

Se pensarmos naquilo que as pessoas injustamente difamadas têm a perder, a favor daquelas que ganham tudo com isso, o sentimento de revolta apodera-se dos justos. E se este tipo de pessoas sai vitorioso com este tipo de atitudes, é como estar a ver um filme e a torcer pelo protagonista e ele acabar injustamente por perder frente ao vil inimigo, em que o mal leva a melhor sobre o bem, somos inundados por uma frustração e um desânimo fortes. Muitas vezes, estes telefonemas têm o sucesso desejado, aliado, muitas vezes, a circunstâncias que os difamadores anónimos sabem aproveitar. Finalmente, vem a difícil posição da pessoa ou entidade que recebe a difamação e das qualidades que possua. Se ela é determinada, esclarece a situação confrontando a pessoa difamada com o conteúdo da difamação, podendo exigir-lhe provas do que diz, (o que, em determinadas situações, não será difícil de conseguir) ou se é uma pessoa muito preocupada com a imagem, e só, acaba por se acobardar e ceder à pressão da difamação, com medo de se ver envolvida em pretensas confusões, prometidas pelo difamador, que não passa de um mentiroso, porque aquele que tem provas do que diz, não se esconde atrás de um telefonema anónimo – dá a cara. Infelizmente, a intenção do autor de tais telefonemas é só a de criar o pânico na pessoa a quem telefona, de forma a impedi-la de realizar confiantemente o seu trabalho e, assim, poder atingir o seu objectivo – o de prejudicar a pessoa que se difama. Infelizmente, e salas as raras excepções, essas pessoas conseguem aquilo que pretendem. Uma forma de acabar com estes telefonemas seria poder conhecer a origem deles, mas raramente são feitos de casa, são as cabines o alvo preferencial destes mesquinhos seres. Mas é urgente acabar com estes telefonemas e há sempre uma maneira de descobrir os autores, é só pôr a cabeça a pensar. É que a vez cabe a todos. Este tipo de pessoas não existe só nesta ou naquela classe, é um problema transversal a todas elas. Quer ser a próxima vítima?

 

 

Fátima Nascimento



publicado por fatimanascimento às 11:13
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds