mapa anual de remoinhos, desde 07 de Junho de 2008
ip-location
HELP TIBETE!
opiniões sobre tudo e sobre nada...
Segunda-feira, 29 de Abril de 2013
Polícia e governo.

 

A atitude da polícia, perante os últimos acontecimentos, ilustram bem a face do governo frente à reação da população portuguesa – medo. De facto, os alicerces deste governo é a defesa policial de que se fazem acompanhar, sempre que se deslocam a qualquer lado, por muito perto que seja da sua zona de conforto. Trata-se de um governo que não acredita no que está a fazer, mas que faz porque lhe foi imposto, sem sequer pensar em negociar o que quer que fosse, como fizeram alguns dos outros países que se encontram na mesma situação da nossa. Logo, não tem a consciência tranquila! A única solução encontrada, para já, é a da repressão sobre os manifestantes. Mas nem solução é! É uma estratégia de remediação que se pode repetir indefinidamente. Quando a situação é tensa, o governo rodeia-se de polícia. Quando não há espaço de manobra possível para negociação, a solução é a imposição. É a mais fácil, o que não abona a favor da inteligência das pessoas que nos governam.

A ação da polícia para com os manifestantes, e pelo que estes contaram, lembra desagradavelmente a da polícia política de período ditatorial. Como todos sabemos, a democracia não pode nem deve aceitar abusos (sejam eles de que natureza forem) pois são estes que contrariam a ideologia daquela. Sempre que há abuso, não há democracia. Sempre que há um atentado à nossa Constituição (uma das melhores da Europa, pós 25 de Abril) há um atentado claro à democracia. Claro que, com o povo descontente, a única solução (já que a vassalagem para com os credores é nítida) é a carga policial, esquecendo-se os motivos que levaram as pessoas à rua. Isso parece não interessar. A ditadura do dinheiro, mesmo que esta ameace a independência económica do país, está à frente de tudo. Por trás das instituições credoras, há pessoas cujas intenções desconhecemos, embora possamos ter um vislumbre da sua pretensão, se estivermos atentos ao que está a acontecer na Grécia, a cobaia europeia de uma política financeira desumana e aterradora que a está a agonizar. E o ciclo parece não ter fim. A espiral absorvente dá mais dinheiro em troca de exigências cada vez mais agonizantes para um país cujo fim parece próximo. Parece haver um sadismo sem limites nas imposições àquele país.

Portugal não vai ter melhor sorte, a não ser que alguém já tenha aprendido com os erros cometidos na Grécia ou haja políticos europeus de boa vontade capazes de arranjar soluções para uma europa mais igualitária. Só assim poderemos ter uma Europa feliz se queremos que ela prevaleça. Sofrer por sofrer, se calhar, será melhor sofrermos sozinhos, pois talvez, desta forma, tenhamos mais espaço de manobra no sentido de arranjar mais e melhores soluções capazes (e há tantas!) de solucionar capazmente o problema da crise. Por agora, só andamos a fingir que se faz alguma coisa e, o pior de tudo, é que o que se faz está a destruir o pouco que temos e a tornar-nos cada vez mais dependentes do exterior. Ninguém é feliz neste ciclo infernal.

 



publicado por fatimanascimento às 14:34
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

mapa mensal desde 7 de Junho de 2008
ip-location
mais sobre mim
contador
Free Web Counters
Free Counter
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

sociedade e desigualdade

“Vai abrir a porta, filha...

Verdade, jornalismo e… co...

Refugiados

Esquerda unida

Evolução

Eleições e pensamento

Fiadores

Nova forma de trabalho es...

Combater a natureza com a...

arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Devemos ser mesmo maus na...

A manifestação de Braga

links
leitores on line
online
URGENTE!
www.greenpeace.pt
sapo
blogs SAPO
subscrever feeds